Missa será no Poço de Jacó - entrada para a QUIMPIL = ESTRADA PIRACICABA-TUPI - perto da Itelpa



Missa será no Poço de Jacó - entrada para a QUIMPIL = ESTRADA PIRACICABA-TUPI - perto da Itelpa

SITES OFICIAIS: www.misericordia.com.br E http://www.ministerioam.com.br/

http://thalita-kum-piracicaba.blogspot.com/ ACESSE JÁ!!!

SEJA SEGUIDOR(A) DO BLOG DO “THALITA KUM DE PIRACICABA” - informações = telefone: (19) 3424-1297

Telefone do Poço de Jacó: 3424-1297

Aliança de Misericórdia <cristoteca@misericordia.com.br>

segunda-feira, 29 de março de 2010

Semana Santa para Chiara Lubich (2002):

Pode ser que algum pensamento agrade a vocês e queiram também refletir sobre ele nesses dias.


Na Quinta-feira Santa penso em renovar (mesmo se, pela graça de Deus eu já o faço habitualmente) o propósito de ver na Eucaristia a presença de Jesus Abandonado meu/nosso esposo. Vocês se lembram? Eu havia terminado O grito e o havia levado até a igreja para oferecê-lo em agradecimento, quando pareceu-me que do Tabernáculo Ele me dissesse: “Sou eu”. “Sou eu aquele de quem você falou”. E esse fato, como eu lhes disse, mudou a minha vida, já que Ele está sempre comigo na capelinha de casa.
E como também na quinta-feira santa se recorda a instituição do sacerdócio, vou reler a carta do Santo Padre aos sacerdotes que é muito bonita. E se alguém quiser também lê-la, vai recebê-la em anexo. Vai ser útil a nós, leigos, para compreendermos sempre mais e melhor o grande dom do sacerdócio e aos nossos sacerdotes, a fim olhar esse dom com gratidão a Deus.

Na Sexta-feira Santa direi a Jesus Abandonado que quero amá-lo como nunca foi amado e pedirei essa graça a Ele. Se vocês também quiserem fazer isso, ficarei muito contente em colocar-me de acordo com vocês para realizar uma competição. O Senhor nos ajude.

No Sábado Santo estarei com Maria Desolada, triste, certamente com a morte do Filho, mas plena de esperança na ressurreição.
Nesses dias eu também penso em nossos mortos, sobretudo nos últimos cinco focolarinos “gigantes”, como nós os definimos (Fiore, Ginetta, Antonio, Guglia, Enzo) que no ano passado estavam aqui conosco. Eu me lembro deles com toda a seriedade que envolve a alma quando estamos diante desse mistério, mas também com a esperança de que já estejam desfrutando do Paraíso.Eu penso que, se todas as coisas das quais eu tenho lhes falado são tão belas que colocam a alma no paraíso, como será a vida lá em cima? E isso dá esperança, conforto, alegria.
Além disso, nesses últimos dias constatamos que muitos dos focolarinos e das focolarinas co-fundadores dos aspectos da Obra, estão já no Paraíso. É justamente a metade: Giosi e Giulio para o Vermelho; Antônio para o Alaranjado; Enzo para o Amarelo; Marilen e Cengia para o Azul; Vita para o Violeta.
Como Deus vai querer que seja este novo ano?Que Ele nos encontre todos prontos no momento presente, ajudados pela “palavra diária”, o passa-palavra.

Viverei o Domingo de Páscoa contemplando o Ressuscitado e em unidade particular com os nossos que estão destinados à santidade, “ícones” evidentes do Ressuscitado sobretudo Foco e Renata, dos quais o bispo de Fiesole deseja iniciar o processo de beatificação.

Um desses dias fiquei profundamente tocada ao pensar que Jesus Abandonado não é somente Aquele que está presente no Tabernáculo; Aquele que amamos nas provações e na prática das virtudes; Aquele que imitamos ao “fazermo-nos nada” todas as vezes que seja necessário; mas que é Deus, Deus! E logo o vi não somente como Redentor, mas junto com o Pai e o Espírito Santo, pronto para iniciar a criação, para criar esse imenso céu que nos cobre, para dar vida às galáxias infinitas , às estrelas incontáveis, aos planetas, ao universo... e pareceu-me vê-lo desse modo pela primeira vez.
Mas onde se vê claramente que Jesus Abandonado é Deus, é no Ressuscitado, presente em todas as Presenças de Deus que nós conhecemos, além de estar presente em nosso íntimo quando O abraçamos com todo o coração e também quando estamos em unidade plena.
Prometamos a Ele nesse dia que seremos no mundo, enquanto Ele nos conservar aqui, um testemunho perene de Sua Páscoa, d’Ele Ressuscitado, para que também o mundo possa viver e ressurgir.
Ciao a todos. Em perfeita unidade,
Chiara

Nenhum comentário:

Postar um comentário